O futuro de Cristiano Ronaldo é uma das grandes ‘novelas’ da atual janela de transferências. A imprensa europeia especula que o português quer fazer de tudo para deixar o Manchester United com o objetivo de jogar a próxima edição de Champions League, já que o clube inglês não conseguiu se classificar.

O astro da camisa 7 se posicionou sobre sua atual situação e ironizou as notícias que circulam pelo mundo: “Impossível não falarem de mim um dia. Senão a imprensa não ganha dinheiro. Sabem que se não mentirem não conseguem atrair a atenção das pessoas. Continuem que um dia acertam em alguma notícia”, disparou Cristiano Ronaldo.

Ele fez o comentário em um publicação no Instagram em uma página de fãs que dizia que ele estaria ‘inflexível’ sobre sair do Manchester United e que Alex Ferguson, ídolo do clube, não foi capaz de convencê-lo a ficar.

O nome de Cristiano Ronaldo já foi ligado ao Chelsea, Bayern de Munique, Atlético de Madrid e Sporting. Diariamente surgem informações dizendo que o português está tentando de todas as formas deixar o clube inglês. O desejo seria motivado pela obsessão em não ver Lionel Messi se aproximar de seus recordes na Champions. Para isso, o camisa 7 teria como objetivo rescindir com o United e aceitaria até retornar para a liga portuguesa.

No entanto, o comentário de CR7 foge do que é especulado por parte da imprensa na Europa. O astro do United deu a entender que grande parte das inforamações são invenções da imprensa com seu nome. Ele não participou da pré-temporada dos Reds Devils alegando ‘problemas familiares’.

O treinador Erik ten Hag disse recentemente que Cristiano Ronaldo não está à venda e ressaltou contar com o futebol do português:

“Cristiano Ronaldo não está à venda, ele está em nossos planos. Ele não está conosco por questões pessoais. Estamos planejando esta temporada com ele”, afirmou ele.

Diante das especulações, Oliver Kahn, um dos dirigentes do Bayern de Munique, se manifestou sobre CR7: “Nós discutimos sobre Cristiano Ronaldo internamente. Eu o considero um dos maiores jogadores de todos os tempos. Mas chegamos a conclusão de que, apesar da admiração por Cristiano, ele não se encaixa na nossa filosofia”, declarou o ex-goleiro.

O presidente do Atlético de Madrid também não ignorou as notícias e cravou: “Até onde eu sei, não. Parece que é dado como certo que há uma porta aberta e não é assim… Sim, os rumores continuam a aumentar, vai parecer que é real, mas não é”, confirmou Enrique Cerezo.